fbpx
Internet

Quem criou a internet?

By 5 de janeiro de 2022 No Comments

Saiba quem criou a internet e entenda como foi sua evolução ao longo dos anos.

A internet já faz parte do nosso cotidiano de várias formas. Usamos essa ferramenta de compartilhamento e troca de dados para nos comunicar com familiares e amigos, assistir filmes e séries, ouvir músicas, jogar, pesquisar e estudar sobre qualquer assunto e até pedir comida. Mas, apesar de conhecê-la tão bem, é provável que você não saiba quem criou a internet.

No artigo de hoje, vamos explicar quem foi o responsável pela criação da internet. Você também vai descobrir como essa invenção aconteceu e como ela evoluiu ao longo dos anos para se tornar a super ferramenta que temos à nossa disposição hoje.

Quem criou a internet

Oficialmente, o criador da internet foi Tim Berners-Lee. Ou melhor, ele é o criador do sistema WWW – World Wide Web. Vamos explicar melhor o que é WWW nos próximos tópicos. Por enquanto, vamos retornar ao homem que criou a internet.

Berners-Lee nasceu na Inglaterra, em 1955. Ele já demonstrava interesse em tecnologia quando pequeno e aprendeu sobre eletrônica com trens de brinquedo.

Mais tarde, ele estudou em Oxford, onde recebeu o título de Bacharel em Física. Durante a faculdade, ele transformou uma velha televisão, que havia comprado em uma loja de consertos, em um computador.

Depois de se formar, Berners-Lee trabalhou como engenheiro em uma empresa de telecomunicações. Posteriormente, se juntou a outra empresa, onde ajudou a criar um software para impressoras.

Durante os anos 1980, ele também trabalhou na Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear. Lá, ele apresentou o projeto de um sistema chamado ENQUIRE, que introduzia o conceito de hipertexto. Seu objetivo era facilitar o compartilhamento e a atualização de informações entre os pesquisadores da Organização.

Berners-Lee deixou a Organização por alguns anos, para trabalhar em outra empresa. Nesse trabalho, ele ganhou mais experiência em redes de computadores. Quando voltou à Organização, viu a oportunidade de juntar os conhecimentos e ideias que ele havia acumulado.

Segundo ele mesmo, a maior parte da tecnologia envolvida já tinha sido desenhada, e ele apenas juntou os elementos. E assim surgiu o sistema WWW.

Como a internet foi criada

Apesar de Berners-Lee ser considerado o criador da internet, a tecnologia tem origem em experimentos da década de 1960. Esses experimentos buscavam provar que é possível realizar a transmissão de dados  entre computadores separados por longas distâncias.

Você provavelmente já ouviu essa história. O conceito da internet teve um fundo militar e, por isso mesmo, os países que primeiro desenvolveram esse conceito foram EUA e URSS. Nos Estados Unidos, no começo dos anos 1960, já havia sido criado um sistema para o Pentágono que possibilitava a descentralização dos documentos. O objetivo era proteger esses documentos de ataques e perdas.

As primeiras demonstrações bem sucedidas de transmissão de dados entre computadores afastados foram realizadas por pesquisadores dos EUA, no final dos anos 1960.

Nos anos 1980, a ideia de uma “rede” de computadores evoluiu mais rapidamente. Dois nomes são particularmente importantes: Vinton Cerf e Bob Kahn. Eles concluíram a criação do protocolo TCP/IP. Esse protocolo determina as normas e padrões para conexão de sistemas em grande escala.

Então, em 1989, Tim Berners-Lee usou esse protocolo como base para o sistema WWW – Word Wide Web. Esse é o sistema da informação em que documentos e outros recursos são armazenados em endereços, as URLs. As URLs podem ser acessadas pelos usuários e conectadas entre si por meio de hiperlinks.

Com esse sistema, Berners-Lee tornou a internet aberta ao grande público e destravou seu potencial comercial.

A evolução da internet

Depois que Tim Berners-Lee criou a internet, a evolução dessa ferramenta se tornou ainda mais acelerada. Afinal, isso coincidiu com uma época em que as pessoas começavam a adquirir PCs – Computadores Pessoais.

Na década de 1990, surgiram grandes portais de informação, como o Yahoo, e serviços como e-mail e salas de bate-papo. O buscador Google foi criado nesse período; mais especificamente, em setembro de 1998. A Amazon, que hoje é a maior empresa de e-commerce do mundo, também surgiu na mesma época; em 1994, ela foi ao ar como uma loja online de livros.

Uma nova era começou nos anos 2000, com o surgimento das redes sociais. Em 2004, foi lançado o Orkut. No mesmo ano, surgiu o Facebook, embora ele só tenha chegado oficialmente ao Brasil em 2007. Em 2006, apareceu o Twitter. Em 2010, foi a vez do Instagram.

Nos anos 2010, a revolução foram os serviços de streaming. Netflix, por exemplo, apesar de já existir desde 2007, era um serviço de aluguel de DVDs. O serviço de streaming de vídeo começou em 2010.  Spotify foi lançado em 2008, na Suécia, mas só se tornou realmente conhecido a partir de 2011, quando chegou aos EUA.

A internet continua evoluindo até hoje. Por exemplo, com a criação de dispositivos novos que permitem realizar conexão, como smart TVs e smartwatches, os sites e aplicativos estão sendo readaptados. Outra tendência é a combinação de Realidade Virtual com internet, algo que a Meta (novo nome da empresa por trás do Facebook) pretende explorar.

Para aproveitar todas as possibilidades trazidas pela internet dos anos 2020, é fundamental contar com uma conexão estável e ultrarrápida. Por isso, você deve estar atento na hora de escolher o provedor. Se você quer uma experiência de alto nível, precisa de um provedor com infraestrutura de última geração.

É isso que a ViaNet oferece aos seus clientes: uma experiência de alto nível. O fim das páginas carregando e dos travamentos. Assim, você vai poder estudar, trabalhar, se comunicar e curtir filmes, músicas e games – tudo sem preocupação e sem estresse.

Contrate já! Basta escolher sua cidade abaixo:

Voltar para o Blog