Condominios InteligentesDicas de Utilidade

Como os condomínios estão contratando tecnologias em segurança e monitoramento

By 13 de maio de 2020 outubro 6th, 2020 No Comments

Uma das maneiras possíveis de tomar decisões sobre a gestão de um condomínio é olhando para o que outros síndicos, em outros condomínios, estão fazendo. Por isso, se você pensa em melhorar a estrutura do seu condomínio para trazer mais segurança e conforto a quem mora nele, vale a pena pesquisar como os condomínios estão contratando tecnologias em segurança e monitoramento.

Uma das tendências que você precisa conhecer é a dos condomínios inteligentes. Eles adotam soluções que aumentam a eficiência, empregando tecnologias de ponta, como a inteligência artificial. São pequenos detalhes que fazem toda a diferença para a qualidade de vida, e até ajudam a reduzir os gastos, de quem mora no condomínio.

Nesse artigo, vamos explorar algumas das tecnologias em segurança e monitoramento que estão em alta no momento, e também explicar como e porquê muitos condomínios estão investindo nelas. Vamos começar? 

Tecnologias em segurança e monitoramento que são tendência

A lista de tecnologias que vêm sendo adotadas por condomínios, na busca por mais segurança, conforto e eficiência, não para de crescer. Apresentamos aqui oito exemplos que merecem a sua atenção.

Vídeo Monitoramento

O vídeo monitoramento com câmeras inteligentes pode funcionar com detecção de intrusão e movimento. Um dos recursos mais interessantes é o vídeo analítico, que possibilita extrair informação dos vídeos sem precisar que uma pessoa fique acompanhando as imagens. As próprias câmeras conseguem identificar situações que fogem ao padrão e emitir um alerta.

1. Radar de Velocidade

Para evitar batidas e atropelamentos nas ruas internas do condomínio, os radares inteligentes são essenciais, ajudando a assegurar o respeito ao limite de velocidade. Além de detectar o avanço além do limite, esses radares são capazes de fazer a leitura das placas, permitindo identificar o infrator.

2. Alarmes e Sensores

Os alarmes e sensores não são apenas uma tendência; eles já se tornaram indispensáveis nos condomínios inteligentes. Por meio desse equipamento, é possível monitorar diversas situações à distância e receber alertas na portaria quando existe algum ponto que exige a atenção da administração.

3. Hidrometria

Segurança é nosso tema principal, mas as soluções para condomínios inteligentes vão muito além. Com um equipamento inteligente de hidrometria, é possível melhorar a gestão dos recursos hídricos dentro dos condomínios. Ele permite monitorar o consumo individual de todas as casas e o status dos reservatórios, a qualquer momento, com informação atualizada em tempo real. Essa informação é essencial para tomar medidas que reduzam o desperdício.

4. Sistemas de Segurança Perimetral

Os sistemas de segurança perimetral inteligentes funcionam com fibra ótica. O grande diferencial dessa solução é que ele permite identificar com precisão o local de uma tentativa de invasão do condomínio, além de contar com câmeras que fornecem imagens do entorno.

5. Interfone Digital

Com um interfone digital, os moradores têm as funcionalidades do interfone diretamente em seu smartphone, o que garante muito mais praticidade na comunicação com a portaria e entre moradores. Outro benefício é a possibilidade de visualizar as imagens da câmara da portaria na tela do celular.

6. Controle de Acesso

O controle de acesso com inteligência artificial é um verdadeiro destaque. Essa é uma das tecnologias mais importantes para qualquer condomínio, permitindo gerenciar o fluxo de moradores, visitantes, funcionáros e prestadores de serviços. Com esse controle, a necessidade de uma portaria tradicional, na qual um porteiro fica exposto fazendo o velho trabalho de “cara-crachá”, é totalmente superada.

7. Ramal Remoto

O ramal remoto leva o interfone digital para outro nível. Ele permite que, usando a conexão com o celular, o interfone da casa possa ser atendido de qualquer lugar. Isso significa que o morador do condomínio pode atender o interfone da casa, usando o ramal remoto, até quando estiver no escritório, passeando ou viajando no exterior.

Como e porquê os condomínios investem nessas tecnologias

Responder porque os condomínios estão dispostos a investir nessas tecnologias não é nada difícil. Afinal, quando dizemos que “os condomínios investem”, na verdade queremos dizer que “os condôminos investem”. É das taxas que eles pagam que sai o dinheiro para contratar fornecedores de soluções em segurança e monitoramento.

Ora, se você mora em um condomínio e consegue ver claramente os benefícios – não apenas de segurança, mas também de comodidade, praticidade, eficiência e economia – que uma tecnologia pode trazer, você certamente estaria disposto a investir nela. 

Na verdade, a palavra chave é justamente essa: trata-se de um investimento, não de um gasto. O valor pago é obtido de volta, na forma de mais qualidade de vida para quem mora e até para quem trabalha no condomínio.

Agora, a questão mais interessante é como os condomínios fazem esse investimento. O síndico, é claro, tem um papel fundamental no processo. 

Quem dá a palavra final na decisão são os condôminos, em suas assembléias, mas o síndico faz uma importante seleção. É ele quem dá o primeiro passo, identificando as necessidades e as vulnerabilidades do condomínio e encontrando as soluções que melhor se encaixam.

Também é o síndico que seleciona os melhores fornecedores, aqueles que são confiáveis e que poderão firmar uma boa parceria. Nessa escolha, leva em consideração a reputação da empresa, a qualidade da solução que ela oferece, o atendimento, os preços. 

E, se o síndico estiver realmente preparado, também considera mais um fator essencial, que nem todos sabem. Ele avalia se o fornecedor é capaz de oferecer um projeto integrado, único.

Você acabou de ver que existem muitas tecnologias em segurança e monitoramento. Para levar uma estrutura completa para o condomínio, em vez de contratar vários fornecedores, é mais inteligente contratar uma única empresa capaz de fornecer tudo. Essa consolidação em um único projeto traz mais agilidade e até permite reduzir o custo da implantação.

Depois que a assembléia dos condôminos aprova as soluções e o fornecedor indicado pelo síndico, o trabalho ainda não acabou! É preciso acompanhar o plano de implantação até o fim, acompanhando prazos e entregas, e mantendo uma boa comunicação com a empresa fornecedora. Isso é essencial para trazer com sucesso uma estrutura completa de tecnologias em segurança e monitoramento.

Quer saber como a Vianet ajuda condomínios a conquistar essa estrutura? Preencha o formulário de contato e converse com um dos nossos consultores. Clique Aqui.

Voltar para o Blog