Dicas de UtilidadeInternet

Como a internet funciona?

By 11 de junho de 2021 No Comments

Você sabe como a internet funciona? Descubra agora!

A internet é uma ferramenta poderosa e às vezes parece até mágica. Ela já está totalmente integrada com o nosso cotidiano e se tornou uma aliada em vários aspectos da nossa vida: trabalho, estudos, lazer, relacionamentos. Mesmo assim, muitas pessoas ainda não sabem como a internet funciona.

Esse é um assunto interessante, e a curiosidade para entender essa ferramenta mágica é tão grande que você provavelmente perguntou ao Google – e chegou a esse artigo. Então, vamos responder à sua pergunta?

Internet e World Wide Web

Para começar, você precisa entender que internet e World Wide Web (WWW) não são a mesma coisa. A internet é uma estrutura física, enquanto a WWW é um protocolo que usa essa estrutura física para a troca de dados.

O que é a internet, afinal? É uma rede de computadores. Ela é constituída por canais de comunicação com ou sem fio e elementos de comunicação. Em outras palavras, é a estrutura que possibilita que computadores e outros dispositivos troquem dados entre si.

Enquanto isso, a WWW é o protocolo mais utilizado para a troca de dados atualmente, mas não é o único. Aliás, a internet existe desde os anos 1960, mas a WWW só foi formalizada em 1990.

Redes ligadas a redes

Para entender melhor o conceito de internet, você pode pensar nela como uma série de pequenas redes conectadas entre si, formando uma rede maior.

Por exemplo, na sua casa você tem alguns dispositivos: computadores, notebooks, tablets. Esses dispositivos podem ser conectados, formando uma rede local. Dessa forma, eles conseguem trocar dados entre si.

Porém, se você quiser trocar dados com seu amigo que mora em outro estado, precisa que os seus dispositivos da sua rede local consigam se comunicar com os dispositivos da rede local desse amigo. Ou seja, precisa ligar as duas redes.

É aí que entra a internet, e o papel do provedor de internet é oferecer essa conexão. Isso é feito por meio de uma tecnologia chamada TCP/IP. Essa tecnologia atribui um endereço IP aos dispositivos, que passam a ser um ponto dentro de uma rede muito maior.

Como a internet chega à sua casa

Para que a internet chegue até sua casa, são necessários quatro passos.

O ponto de partida são os backbones, que distribuem a informação pela rede usando a tecnologia TCP/IP para determinar aonde os dados devem ir.

Em seguida, a internet chega aos provedores de acesso, que contratam a conexão com os backbones e distribuem para os provedores de serviço.

Os provedores de serviço, por sua vez, distribuem a conexão para os usuários finais, por exemplo, através de fibra ótica.

Finalmente, a conexão de internet chega aos dispositivos dos usuários finais.

Vale a pena lembrar que esse caminho tem duas mãos. A troca de dados ocorre tanto dos backbones para os usuários quanto dos usuários para os backbones. Por exemplo, quando você faz o upload de uma foto nas redes sociais, é você quem está enviando dados para os backbones.

Importância do endereço IP

Os endereços IP são tão importantes que eles merecem um comentário especial. Em uma rede tão grande como a internet, é preciso haver uma forma de assegurar que a troca de dados vai acontecer de maneira organizada e eficiente.

A solução é identificar cada um dos pontos para onde os dados podem ser enviados dentro da rede.

Essa identificação é feita por meio do endereço IP. Vale a pena lembrar que não são apenas os “pontos finais” da rede que têm esse endereço. Backbones, provedores de acesso e provedores de serviço também são identificados.

Também é utilizando os endereços IP que é possível, identificar o caminho que dados específicos percorreram dentro da internet, realizando um rastreamento reverso. É assim que é possível localizar a fonte original de um vídeo distribuído online, por exemplo.

Organização da Internet

Como já foi dito, a internet é uma estrutura física. Ela inclui uma variedade de componentes, incluindo modens, roteadores e switches, que estão conectados por meio de cabos de cobre, fibra ótica ou mesmo sinais de rádio.

Esses componentes desempenham funções específicas, mas trabalham juntos para criar os caminhos através dos quais os dados são transmitidos.

Outro ponto importante é que a internet não depende de um único componente central, como um supercomputador, para existir. Porém, para que seja possível utilizar a internet da maneira como fazemos hoje, existem sim componentes fundamentais.

É o caso dos backbones, que já foram mencionados, e de alguns servidores raiz que traduzem nossa linguagem para a linguagem dos computadores quando fazemos uma busca. Existem vários desses servidores, distribuídos em 6 continentes e gerenciados por 12 instituições públicas e privadas.

Como quebrar a internet

Se a internet é uma estrutura física, é claro que existe uma preocupação fundamental: é possível quebrar a internet?

Tecnicamente falando, seria possível, mas muito difícil.

Mesmo que alguns componentes da estrutura sejam destruídos, somente a internet de uma certa região seria prejudicada, sem prejuízos em escala global.

Além disso, em geral, existe mais de um caminho que os dados podem percorrer para chegar a um mesmo endereço, e a rede se adapta para buscar o caminho mais eficiente possível. Isso significa que mesmo com alguns componentes fora do jogo, ainda poderia haver comunicação.

Portanto, o maior risco não está na destruição dos componentes, mas na possibilidade de ataques de software. E, mesmo assim, atualmente é possível isolar os ataques e restringir seus impactos. Por exemplo, se hackers tentam invadir servidores, eles podem conseguir derrubar aquele componente, mas não a rede inteira.

Agora você sabe como a internet funciona e como ela chega até a sua casa. Se você quer aproveitar ao máximo o poder dessa ferramenta, o primeiro passo é contratar o provedor certo.

A Vianet oferece planos de internet fibra ótica com ultravelocidade para sua casa. Assim, você e sua família não vão mais ficar na mão naqueles momentos mais cruciais do dia: a reunião do trabalho, a aula da escola, o filme do final de semana.

Então, quer acabar com as interrupções? Contrate já!

Voltar para o Blog